Commotech

Como Surgiu a COMMOTECH MARKETPLACE

A Commotech Marketplace surgiu a partir do inconformismo de profissionais do Mercado Físico de Commodities em ver o principal mercado brasileiro sofrer com a recorrência de alguns problemas como:

  1. Processos manuais sujeitos a falhas, fraudes, excesso de burocracia e ações de intermediários.
  2.  Dificuldade de conexão direta entre oferta e demanda.
  3. Tempo operacional muito extenso.

Esses são causadores de grandes prejuízos a toda cadeia de suprimentos, também ao sistema financeiro.


E foi estudando esses problemas que surgiu uma sistemática: Como resolver o problema da digitalização das operações de commodities e seu financiamento?


Pensando nisso reunimos soluções tecnológicas como Blockchain, Computação em Nuvem, Inteligência Artificial, Machine Learning e desenvolvemos uma plataforma all in one marketplace B2B que digitaliza o processo eliminando intermediários a burocracia e reduzindo o tempo operacional de 12 dias para até 24h.


Ajudamos compradores e vendedores de commodities negociarem seus produtos de maneira simplificada, fazendo a conexão com seus bancos, seguradoras, operadores logísticos e despachantes aduaneiros, otimizando as operações aumentando a produtividade e lucratividade de nossos usuários.


Além de negociar commodities e possível rastrear toda a operação, contratar o frete, seguro e realizar o serviço de despacho aduaneiro.
E, um estudo encomendado à FGV Jr. escola de excelência de gestão negócios na América do Sul, bem como todo o trabalho de plano de negócios desenvolvido durante o maior Programa de Aceleração Pré Seed do mundo o Founder Institute, foi possível identificar e mapear todo o mercado e planejar um projeto de negócios capaz de atender com maior eficiência este setor que é o principal mercado nacional dispensando mais dizeres sobre sua relevância para a economia brasileira.


Mas era preciso, também, encontrar mecanismos que assegurassem às partes, certamente a questão mais importante da negociação dos clientes dentro de uma plataforma eletrônica, a idoneidade de seus players, a fim de que a negociação ocorra em um ambiente seguro, atento à política de cultivo e exploração de produtos em face ao meio ambiente, políticas de compliance e de fiscalização, podemos selecionar clientes que trazem maior segurança e garantia nas negociações, além de possibilitar a democratização junto a indústria de commodities.


Mas uma startup do século XXI, focada em tecnologia precisa estar focada no novo em atualizações, em políticas modernas, que visam atender princípios de preservação e manutenção de meio ambiente, capaz de implementar as Ordens de Desenvolvimento Sustentável estabelecidas pela ONU em seu negócio, alinhadas às norrmas de ASG que favoreçam todos os stakeholders envolvidos na negociação da commodity.


A Commotech nasceu dois sócios que se conhecem há mais de trinta anos, Paulo Faria – trader com experiência de mais de 7 anos em negociações de commodities físicas (mercado balcão) formando em Comércio Exterior, e, Rafael Tobias – advogado com mais de 15 anos de experiência jurídica, alinhada com a vivência em ambiente corporativo, e, atualmente conta com parceiros fundamentais experts em suas áreas como Paulo Bissacot, nosso CTO, ex Banco do Brasil e Banco Original, e o Rodrigo Vicente, nosso CFO, com longa experiência na área financeira, além de profissionais como o mentores do Founder Institute, aceleradora de startup reconhecida mundialmente, como Marco De Biase, Claudio Gianturco e Mario Rodrigues e FGV Jr. parceira fundamental para o desenvolvimento da Commotech Marketplace.

Paulo Faria CEO – Diretor Executivo

×